Consolidação da estratégia de opções 2019-01

Estou cada vez mais confiante no manuseio de opções (talvez cada vez tomando posições com mais risco). Cada vez mais operações e um percentual maior do meu capital, logo está se tornando meio custoso fazer os fechamentos no mesmo modelo que fiz os iniciais. Agora conto com o IRPF Bolsa para os cálculos de IR e estou vendo como inserir os mesmos em meus fechamentos.

O papel que eu normalmente faço os movimentos (CMIG4) teve uma volatilidade bem intensa, entre R$ 13,02 e R$ 14,45.

Inicialmente foram realizados três movimentos.

No dia 11 realizei a reversão das duas calls inicialmente lançadas e fiz um novo movimento.

Por fim, entre os dias 12 e 14 transferi cerca de R$ 20.000,00 que havia resgatado de um fundo de investimento e fiz os últimos movimentos.

Podemos verificar algumas operações bem interessantes, por exemplo a entre o dia 12 e 15, com duração de 3 dias e um rendimento de 1,03% (se “mensalizarmos” ela, teríamos 10,33%) e também podemos verificar as nossas operações padrão com rendimentos de

Não consegui ainda chegar na forma mais “justa” de calcular o rendimento mensal por causa do aporte realizado no final, porém fecharei o texto com o rendimento médio por operação de 8,3% (sim, esse número não é real, eu diria que é até sensacionalista hehe).

Em números absolutos chego no retorno de R$ 1.354,40 para o valor investido de algo em torno de R$ 40.000,00. Ou seja, nosso “padrão” de 3,4%.

7 pensou em “Consolidação da estratégia de opções 2019-01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *