Um pássaro na mão ou dois voando?

Pequeno post para “desabafar”.

Minha estratégia é nos primeiros dias após o vencimento da opção, lançar uma nova (caso não tenha sido exercido) não observando tendencias nem noticias, apenas tentar “garantir” a rentabilidade do mês seguinte abrindo mão de altas do papel pois para garantir prêmios tenho que trabalhar bem próximo “do dinheiro”. Como faço os lançamentos no começo, fico observando os papeis para eventuais recompras.

Em 22/05/2019 vendi calls de itsa4. Vendi a itsaf127 por R$ 0,14. A ação estava por volta de R$ 11,50 e o strike da itsaf127 é R$ 11,98.

Ou seja existia uma margem de R$ 0,40. E gosto da ideia de vender tentando defender o preço médio da aquisição que atualmente é R$ 12,05 porém sempre tentando preços não muito fora do dinheiro para não abrir mão do prêmio.

Hoje 29/05/2019 a itsa4 está nesse momento (10:38) valendo R$ 11,94. E o premio atual é de R$ 0,25.

E aí?
Fui muito apressado ou foi melhor “garantir” 1,2%?

Consolidação da estratégia de opções 2019-04

Em minha opinião foi um mês mais simples, tentei manter poucas operações devido as taxas de corretagem e confesso que estou começando a voltar para a corretora que não cobra corretagem pois o valor agregado por ter um consultor financeiro não me brilha os olhos atualmente. Talvez em algum momento com mais recursos faça sentido poder ter alguém para trocar ideias e receber sugestões de diversificação etc.

Sem mais, vamos para as operações.

O primeiro movimento foi uma vendas simples das opções das ações que já tinha.

A segunda ordem ocorreu uma semana antes do vencimento das opções, queria lançar uma ordem para recomprar por R$ 0,01 porém como contei no ultimo post acabei zerando a posição pelo preço de mercado que era R$ 0,03 ou seja, R$ 140,00 a menos.

A terceira ordem foi a venda de uma PUT com parte do dinheiro que recebi pela venda do carro, foi só para movimentar mesmo e tentar “recuperar” os R$ 140,00

Sobre os retornos do mês, a primeira e segunda operação (venda e recompra) gerou cerca de 2,32% que liquido seria algo como 1,97%.

Se adicionarmos o rendimento da segunda terceira operação o rendimento seria 2,60% e liquido seria 2,2%.

E uma ultima análise, se utilizar o dinheiro necessário para “cobrir” a terceira operação o rendimento total seria 1,87% e algo próximo de 1,59% liquido.

Por ter aumentado o valor total, acredito que um retorno menor seja algo aceitável, porém continuo com a busca pelos 2% ao mês.

Vendi meu carro!

Simples assim… não me recordo se já comentei aqui no blog porém como estou morando com minha namorada e passei a utilizar fretado para ir ao trabalho acabei decidindo por vender meu carro (e tacar tudo nas opções). Sem falar que minha namorada tem um carro também, então caso aconteça alguma emergência podemos utilizar o carro dela.

Acabei entregando o carro por R$ 50.000,00. O carro estava anunciado por R$ 52.000,00 e depois negociar com o interessado acabei abaixando mais R$ 2.000,00 referente a reparos de funilaria que era “necessários” no carro e como meu pai tinha “parte” do carro pois peguei cerca de R$ 20.000,00 com ele na época da compra acabei devolvendo R$ 10.000,00 e ficando com os outros R$ 40.000,00 que deverão aparecer no próximo fechamento

O valor de tabela do carro no ultimo mês era R$ 54.000,00 já com seus 5 anos (modelo 2014) porém o mesmo já estava com 82000 KM e queira ou não temos essa cultura de que carros com 100000 KM perdem muito valor.

Comprei o carro em 2017 pois estava pegando estrada semanalmente e queria um carro mais seguro, comprei com 55000 KM e paguei algo em torno de R$ 57.000,00. Acredito que gastei algo em torno de R$ 10.000,00 em manutenções e revisões, fiquei cerca de 2 anos com o carro, então acho um valor “justo” de R$ 500,00 mensais de manutenção para um carro desse tipo.

A conclusão é clássica, carro não é investimento, é um passivo, um bem de consumo e como estou em uma fase mais tranquila, faz mais sentido transformar esse passivo em um ativo do que manter o carro na garagem para usar basicamente de final de semana.

É isso… estamos na reta final do vencimento das opções (já desmontei o primeiro lançamento e vendi algumas PUTS com o dinheiro do carro), acredito que para o próximo mês o retorno do lançamento de opções deve ser bem menor devido ao preço dos ativos estarem abaixo do meu preço médio.

Primeiro “miss click” dentro do app da corretora

Olá pessoal.

Mais um pra categoria de desabafos.

Estava acompanhando o mercado na expectativa de recomprar as opções de ITSA4 que lancei porém não estava no computador pois havia saído para almoçar.

Foi quando eu tive a brilhante ideia de acessar o app da corretora que estou utilizando para lançar uma boleta de compra por R$ 0,01. Pensei:

“Esperar uma hora para lançar a boleta? não mesmo.. vou abrir esse app aqui que eu nunca utilizei… deve ser fácil…”

Alguns minutos depois, no desespero de não encontrar o botão para lançamento de ordem (alo UX, que trabalho ruinzinho em?) acabei visualizando um slicer escrito “boleta turbo” e pensei:

“É  isso que eu quero.. boletas né? mas o que deve ser esse turbo? bom.. deve ser mais rápido…””

Para minha surpresa ao desbloquear a boleta turbo um botão de zerar posição apareceu na tela e eu pensei:

“zerar? estranho.. eu queria só lançar uma boleta… bom… provavelmente o app peça alguma confirmação/senha ao clicar nesse zerar posição…”

Apertei o botãozinho e…. para minha surpresa (nem tanto.. já sentia o cheirinho de cagada) o app recomprou as opções ao preço do mercado hehehe… menos mal que o mercado estava vendendo por R$ 0,03, porém dentro do volume comprado, isso significa R$ 140,00 a menos no meu fechamento (mais uma lição cara aprendida).

É isso… quando voce tiver duvida de como realizar algo na ferramenta desenvolvida por alguém, o melhor caminho é perguntar para alguma pessoa habilitada para isso.

Fechamento Abril 2019: R$ 126.243,88 (+R$ 128.929,02 ou +2,13%)

Seguindo para o fechamento de abril, acredito que este seja um fechamento diferente pois estou aplicando um “jogo de números” uma vez que foi necessário adiantar um valor do cartão de crédito para comprar as passagens do intercambio que irei fazer em julho (como comprei a minha e da minha esposa, devo receber esse dinheiro nos próximos meses).

Um mês “OK”, utilizando esse jogo de números batemos a meta de 2% ao mês sem a realização de aportes fora do padrão e ainda estou negociando a venda de um equipamento portanto pode ser que nos próximo fechamento tenhamos uma alta no aporte.

Mercado RV andando de lado, estou 100% em ITSA4 aplicando a estratégia de rentabilizar a carteira com o lançamento de opções, por mim ela poderia ter essa volatilidade de 4-5% e andar de lado para sempre hehehe.

Vamos aos números.

E nossa pequena porém valente terceira linha gerada exclusivamente hoje pela nossa estratégia de opções.

Para fechar, estou pensando para os próximos fechamentos em gerar uma “linha da IF” que seria a renda liquida gerada pelos investimentos e as despesas essenciais uma vez que a linha de despesas hoje possui coisas meio fora da normalidade como as multas que tive na troca de moradia, mobilia, compra de equipamentos etc.