Consolidação da estratégia de opções 2019-04

Em minha opinião foi um mês mais simples, tentei manter poucas operações devido as taxas de corretagem e confesso que estou começando a voltar para a corretora que não cobra corretagem pois o valor agregado por ter um consultor financeiro não me brilha os olhos atualmente. Talvez em algum momento com mais recursos faça sentido poder ter alguém para trocar ideias e receber sugestões de diversificação etc.

Sem mais, vamos para as operações.

O primeiro movimento foi uma vendas simples das opções das ações que já tinha.

A segunda ordem ocorreu uma semana antes do vencimento das opções, queria lançar uma ordem para recomprar por R$ 0,01 porém como contei no ultimo post acabei zerando a posição pelo preço de mercado que era R$ 0,03 ou seja, R$ 140,00 a menos.

A terceira ordem foi a venda de uma PUT com parte do dinheiro que recebi pela venda do carro, foi só para movimentar mesmo e tentar “recuperar” os R$ 140,00

Sobre os retornos do mês, a primeira e segunda operação (venda e recompra) gerou cerca de 2,32% que liquido seria algo como 1,97%.

Se adicionarmos o rendimento da segunda terceira operação o rendimento seria 2,60% e liquido seria 2,2%.

E uma ultima análise, se utilizar o dinheiro necessário para “cobrir” a terceira operação o rendimento total seria 1,87% e algo próximo de 1,59% liquido.

Por ter aumentado o valor total, acredito que um retorno menor seja algo aceitável, porém continuo com a busca pelos 2% ao mês.

2 pensou em “Consolidação da estratégia de opções 2019-04

  1. Olá IdTI!
    Excelente resultado! Realmente os 2% é difícil, e você está muito bem. Para melhorar o resultado você teria que escolher ações que não tem a mesma qualidade, ou seja, maior risco.
    A operação com ITSA foi um excelente hedge da carteira e funcionou bem na proteção da queda do ativo. Quero utilizar mais este tipo de operação.
    grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *