Eu não sei apurar os impostos das minhas operações! 3

Já virou rotina descobrir o funcionamento das opções durante o andamento, como disse em posts anteriores, tenho essa mania de pesquisar sobre algo e achar que já sei de tudo.

A nova descoberta foi após questionar o software IRPFbolsa, sobre o preço médio de um ativo que se mostra diferente no broker da corretora que eu utilizo e no software. Recebi a resposta que o preço é influenciado pelo premio das opções por isso a diferença entre o broker e o software.

Pesquisando sobre encontrei um artigo interessante.

“12/04/2012.

A alíquota de IR devida é de 15% como no mercado a vista (“day trade” é 20%). O imposto é apurado mensalmente e pago até o último dia útil do mês subsequente através de DARF com o código 6015. Há também um imposto de IR retido na fonte de 0,005% que pode ser incluído como despesas da operação.

O cálculo do imposto pode ocorrer na negociação da própria opção. Nesse caso, o imposto incide sobre o resultado positivo apurado no encerramento de opções da mesma série. 

Caso haja exercício da opção de compra, ocorrem duas situações. Para o titular da opção de compra, o imposto incide sobre a diferença positiva entre o valor da venda a vista do ativo na data do exercício da opção menos o preço do exercício acrescido do valor do prêmio.

Para o lançador da opção, o imposto é calculado sobre a diferença positiva entre o preço de exercício da opção, acrescido do valor do prêmio e o custo da aquisição do ativo-objeto da opção. No caso do exercício da opção, a isenção para venda de até R$ 20 mil por mês passa a valer, pois a operação de opção passa a ser uma operação de mercado a vista.

O que isso significa? 

Primeiro que o post é bem antigo, então acredito que essa ultima parte sobre a isenção dos R$ 20.000,00 na venda não é mais valida.

Segundo que caso haja exercício de uma opção, o premio entra na conta do preço médio do ativo. Por exemplo quando fui exercido em uma PUT que havia vendido com strike de R$ 13,88 e havia recebido o premio de R$ 0,16 o preço médio do ativo é R$ 13,72.

Sempre pensei que os mercados não se misturassem, por exemplo os prêmios não entrassem na conta de preço médio do mercado a vista, porém aparentemente estava enganado.

Eu não sei apurar os impostos das minhas operações! 2

Mais uma dúvida surge durante o estudo de estratégias para o mercado de opções.

Como já foi discutido, não existe isenção de IR em vendas de ação originadas de um exercício de uma opção. Para fugir do IR caso seja exercido, estou analisando lançamento de opções cujo preço de strike seja menor que meu preço médio.

A duvida fica se o preço médio seria calculado no momento do exercício ou no momento da montagem da ordem.

Por exemplo.

Tenho 3000 CMIG4 com preço médio de R$13,80.
Vendo 3000 Calls do strike R$ 13,88.

Caso seja exercido, devo pagar IR sobre os R$ 0,08 em cada ação.

Poderia eu comprar mais 500 CMIG4 (utilizarei um  preço um pouco maior que o de fechamento de ontem) por 14,40. Com isso meu preço médio passaria para R$ 13,89 e eu não precisaria pagar IR?

Composição do preço médio.

Compra de 100 CMIG4 por R$ 13,39.
Compra de 2100 CMIG4 por R$ 13,72.
Compra de 600 CMIG4 por R$ 14,08.
Compra de 100 CMIG4 por R$ 14,02.
Compra de 100 CMIG4 por R$ 14,02.

E aí, o que acham?

Eu não sei apurar os impostos das minhas operações!

No ultimo post surgiram algumas dúvidas referentes a apuração das operações realizadas e acabei descobrindo algumas novas (pelo menos para mim) regras.

Descobri que as vendas ações realizadas por exercício de opções não tem a famosa isenção de R$ 20.000,00. Logo eu não realizava a apuração das vendas de ações que foram realizadas pois acreditava que entrava na isenção de R$ 20.000,00 porém essa isenção é apenas para a “venda direta” de ações.

De agora em diante irei utilizar um software para apuração e possivelmente gerenciamento da minha carteira. O software se chama IRPFbolsa e foi indicado por um colega também realiza operações com opções.

Falando em valores, a diferença não é tanta, seguindo meus cálculos eu estava com um lucro de R$ 4.380,84 porém com a aplicação dessa regra em todas as operações já realizadas o software IRPFbolsa apresenta o lucro de R$ 3.824,57. Sim, uma diminuição de mais ou menos 13%.

O excel continuará para escolha das opções a serem lançadas, porém o fechamento será feito via software.

É isso.. o custo da aprendizagem…

Você sabe apurar os impostos das suas operações?

Após esse post do colega newba surgiu uma dúvida na apuração de IR das minhas operações.

Durantes os meses anteriores não tive a oportunidade de desfazer uma operação. Temos o seguinte exemplo:

Venda 800 call de PETR por R$ 0,85  (R$ 680,00).
Compra 800 call de PETR por R$ 3,00 (R$ 2.400,00).
Saldo negativo de R$ 1.720,00.

Venda 100 call PETR por R$ 0,35 (R$ 35,00).
Compra 100 call PETR por R$ 0,03 (R$ 3,00).
Saldo positivo de R$ 32,00.

Venda 1300 call CMIG por R$ 0,29 (R$ 377,00).
Compra 1300 call CMIG por R$ 0,25 (R$ 325,00).
Saldo positivo de R$ 52,00.

Tais operações me deram o prejuízo de final de R$ 1.636,00.

Teoricamente nas futuras operações não preciso pagar IR. Mas a questão aqui seria se essa é mesmo a regra. Fico em dúvida se os lucros passados também não deveriam entrar na conta?